Rádio

   

Arthur é chamado de garoto de programa e equipe entra com medidas cabíveis


A equipe de Arthur Picoli, um dos participantes do "BBB 21", informou ao UOL ter acionado a Justiça contra um promoter que afirmou que o brother é garoto de programa.

Tudo começou quando um assessor e promotor de eventos disse, nos Stories, que conhece Arthur há um tempo e que o instrutor de crossfit faz programa.

O promoter ainda contou, sem apresentar provas, que o brother teve um relacionamento com um diretor da TV Globo:

Esse Arthur, ele se acha, eu conheço ele, viu? E conheço de outros carnavais, literalmente, conheci em um carnaval e conheço ele de outras 'fitas'. Teve vários nudes do Arthur aqui, já mostrei para alguns amigos meus gays e para algumas amigas minhas. O negócio dele é job, fazia programa, foi para o Rio, saiu com um diretor da Globo, todo mundo sabe. Eu tinha conversas com ele no WhatsApp, eu tenho conversas no direct com ele, eu poderia ter mandado para sites de fofoca e não mandei. O trouxa nem apagou as conversas, ele é escroto mesmo, é gente boa, mas é de brigar, é de xingar as pessoas. Ele é tudo isso, eu conheço, estou falando de alguém que eu conheço. Ele é essa pessoa, de gritar com mulher. O babado dele é job, ele fez muito para entrar no Big Brother.

O promoter, em seguida, compartilhou prints de supostas conversas com o instrutor de crossfit. Ontem, ele afirmou que a equipe de Arthur entrou em contato para dizer que já tinha tomado as medidas judiciais.

A equipe do Arthur mandou um direct falando que eu vou ser processado por dois artigos e eu vou passar para o meu advogado, apesar de achar que não precisava disso. [...] Eu já tinha seguidores, para mim isso vem a agregar. Entendam como quiser. Eu não estou falando de programa, eu quis falar da pessoa na qual eu conheci. É um borburinho que surgiu e surgiu de mim, eu dei a minha cara, não coloquei um fake, eu sou um cara que eu sei o que eu falo.

Em seguida, o assessor pediu desculpas aos fãs do brother:

"Posso ter errado algumas palavras? Sim, não por ser leigo, mas pelo calor do momento, de estar vendo o programa e gravando story ao mesmo tempo. [...] Não estou aqui para falar que eu não errei, se eu errei eu peço a toda a galera que segue ele, os fãs dele, mas eu sou uma pessoa sincera. Infelizmente quem é sincero paga um preço alto por falar o que pensa", disse.

Procurada pelo UOL, a equipe de Arthur afirmou que as medidas cabíveis já estão sendo tomadas e que foram orientados por seu departamento jurídico a não se pronunciarem sobre o assunto.

A reportagem também entrou em contato com a Globo, mas não recebeu retorno sobre o caso.

Fonte: Uol

Deixe seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem